04fev
2013

Eeeeee Salvador! #Carnaval #SuperDicas #8aMaravilha

Publicado por

” … Carnaval na Bahia, Oitava maravilha, Nunca irei te deixar, Meu amor! Eu vou! Atrás do trio elétrico, Vou!….” (Baianidade Nagô)

Ah! Que bom você chegou, Bem vindo a Salvador, Coração do Brasil Vem, você vai conhecer, A cidade de luz e prazer, Correndo atrás do trio, Vai compreender que o baiano é, Um povo a mais de mil, Que ele tem Deus no seu coração e o Diabo no quadril...” (We are the World of Carnaval)

Carnaval em Salvador – a melhor festa do planeta!

Bem vindos a melhor festa do mundo, falo, ou melhor, afirmo isso depois de mais de 30 anos de vida, muitas e muitas baladas, nacionais e internacionais, desde a música eletrônica até as sertanejas. Falo com propriedade de quem conhece bem, com quase uma década e meia curtindo o carnaval. Existem sem dúvidas, festas incríveis em diversos lugares do Brasil como por exemplo, em Jurerê (SC), em Ouro Preto (MG) e em outros locais do Nordeste… mas, infelizmente somos um só, e, não podemos estar em todos os lugares ao mesmo tempo, sendo assim, opto pelo melhor de todos, pela amada Bahia, pela cidade de Salvador!

Comento com meus amigos, e já ouvi muita gente dizer também, que todo brasileiro, homem ou mulher, deveria ter o direito de passar pelo menos um carnaval em Salvador, durante toda a sua vida. É algo mágico, indescritível, que por incrível que pareça, consegue agradar o público de todas as classes sociais, de todas as raças, credos e cores.

Nessa matéria vou dar dicas para quem quer e consegue passar de 7 a 10 dias na verdadeira Terra Prometida, é um post direcionado, para aqueles(as) que estão bem preparados física e mentalmente e que, querem, acima de tudo, muita diversão. Salvador no carnaval requer sim, preparo físico e mental, não basta querer, precisa planejar já que a festa é pesada (no bom sentido da coisa).

Fisicamente porque são 6 dias e noites de dança, bagunça, bebida, correndo atrás do caminhão ou quebrando nos camarotes e Mentalmente porque você vai para um lugar místico, lotado, que parece caótico, cheio de trânsito, muito calor, onde todo mundo é igual a todo mundo, o povo é “quente”, hospitaleiro (me identifico tanto que até digo que poderia ser soteropolitano),  com as ruas cheirando “xixi”, com gente muita gente bêbada, suada (imagina você passando do lado da massa, não tem como não encostar, não adianta chorar, reclamar, mesmo quando acabou de sair do hotel de banhinho tomado), mas no final os itens que você acha que são ruins, são muito pequenos perto da alegria, do estado de extase que o carnaval de Salvador lhe proporcionará. Portanto prepare a sua alma, entre no clima, relaxe… “afinal você tá na Bahia meu rei!” e depois da 4a feira de cinzas, quando lembrar desse texto, irá abrir um sorriso, pensando… “ele estava 100% certo”…. Não dá para explicar, a Bahia é bom demais…. Eeeee Salvador!

Eeeeee Salvador – expressão criada por alguns amigos meus e por mim, para tudo que é muito bom na Bahia, quando acontece algo de excelente que não existe palavra pra descrever, lembrem-se de dizer em voz alta “Eeeee Salvador”. O mais interessante é que ao falar a frase, as pessoas que estão ao seu redor entendem o sentido… e o negócio realmente pega, todo mundo sai falando.

Bom, vamos lá, as dicas que é o que interessa:

Taxi – Desde o momento que você chega no carnaval na Bahia, lembre-se feche previamente o preço das “corridas” com os taxistas, muitos não querem, mas sempre existem aqueles que querem. Você, já vai começar a treinar, algo que na Bahia, durante o carnaval, rola muito, que é o verbo “pechinchar”. Baiano taxista, ao contrário, do que muitos pensam, é ligeiro. Não entre em qualquer taxi, siga seu feeling, infelizmente alguns deles dirigem mal, outros estão virados de tanto trabalhar (essa é a época do ano que eles mais faturam) e outros ainda, beberam uma cachacinha… Por outro lado, tem muita gente honesta e trabalhadora,  tenho amigos taxistas até hoje, depois de anos e anos indo para a Bahia. Ligo saindo de casa e quando chego, eles já estão por lá e me acompanham o carnaval todo. Moto-Taxi – kkkkkk, por incrível que pareça, pode ser uma boa opção nos dias de Bloco, quando você estiver atrasado ou mesmo voltando de um bloco,  e ainda se você ficar num lugar que necessite passar por muito transito… mesmo indo de galera (homens e/ou mulheres), da para todo mundo entrar nessa dança. Alugar carros – jamais, não vou nem comentar, afinal não viemos para passar perrengue.

Abadás – se você já comprou seus abadás preste atenção na hora de retirá-los, rola muito roubo, portanto se puderem, vão de galera retirá-los, no sistema um cuida do outro. Se forem ou estiverem com mulheres, prestem mais atenção ainda. Retirem e escondam, tentem não ficar com a mochilinha do Bloco a vista, muito menos o abadá. Se pretendem comprar abadás lá, com cambistas, lembram da “pechincha”, preparem-se para presenciar o maior comércio informal de todos os tempos… tudo custa centenas de reais, parece que você está numa feira, mas numa que rola muito dinheiro. Certifique-se qual é o abadá que você deseja, tente ver um modelo antes (rola falsificação e gente querendo te vender abadás de dias anteriores e até de carnavais passados). Não vá com seu iphone a vista, carteira da Mont Blanc, bolsa da Louis Vutton, brincos e pulseiras que chamam a atenção, leve dinheiro (em dinheiro), mas contado, não dê sopa para o azar e evite de ir sozinho. Existem diversos pontos, desde o Aeroclube, locais em frente a hotéis, exemplo Hotel Othon e também em algumas ruas próximas ao shopping em Ondina onde o comércio rola solto… Ah… além disso muita gente deixa abadás para ser vendidos nas recepções dos hotéis e alguns concierges também prestam esse tipo de serviço. Depois de dar certo, o compra-compra ou troca-troca de abadás, você sente uma sensação de felicidade. Lembrem-se o ideal é já trocar abadás, logo quando você chega, essa é a parte mais chata da viagem.

Carnaval de 2005 – só um pouquinho de Abadas, tatuagem de henna do Chiclete e as smirnoffs, que naquela época a gente tomava com gosto…rs

Chegando – Normalmente eu chego na 4a feira, antes do carnaval, pego um vôo cedo, chego na terrinha por volta das 11h ou 12h, troco ou compro todos os abadás (isso demora), passamos no Super, compro muita água (muito importante se hidratar durante todos os dias), bebidas, snacks, doces etc e vamos para o Hotel. Além da parte alimentícia, você da uma economizada, porque os hotéis cobram bem caro numa garrafinha de água, já presenciei R$ 10 em 01 unidade… e você vai tomar muuuita água, principalmente nas ressacas (kkkk)

Na chegada, recebendo as boas vindas do povo mais simpatico do mundo!

Hotel – prefiro ficar em hotéis no circuito Barra-Ondina, o meu preferido é o Vila Galé, mas existem muitos outros bons nesse circuito, além de flats de primeira, com serviço de limpeza e café da manhã. Ainda destacaria o Pestana e o Blue Three, o Pestana tem um dos melhores esquentas, pré-bloco, na piscina e o Blue Three bati um sol incrível na piscina, localizada no terraço, porém a locomoção vale muito na Bahia, você ficando no circuito economiza tempo, dinheiro e muito trânsito. É muito importante ter um lugar bom para dormir e repor energias, talvez por isso prefira hotéis à flats, casas ou apartamentos. É importante ficar num lugar estruturado e com segurança (o acesso é restrito nos hotéis, só entra quem é do Hotel e tem a pulseirinha). A entrada com pulseirinha, para aqueles que vão para “pegar” é um problema, porque se você arrumar um amor de carnaval, vai ter dificuldades de levá-la(o) consigo para seu apartamento… portanto pense num plano “B” (kkkkk).

2003 – Nana Banana no corredor do Blue Three

Voa-voa – primeira vez na avenida, ótimas lembranças desse dia

Warm-up dentro dos quartos, algo bem comum em Salvador, logo depois da piscina… agora o bloco tá chegando!!!

Restaurante e alimentação – esqueça restaurantes sofisticados durante o carnaval, a não ser que queira perder o melhor da festa. Restaurante é legal de ir no dia que chega, por exemplo, no jantar, vá até o badalado Soho (comida japonesa de excelente qualidade, que tal na 4a feira ou 5a feira antes do carnaval, toda “nata”, artistas, gente bonita de Salvador estarão por lá) e depois quando acaba, sugiro, na 4a feira de cinzas, almoço no fim de tarde no Amado (o ideal mesmo seria ir no Trapiche Adelaide, mas acho que fechou… uma pena, melhor almoço com vista de fim de tarde!).

Com a rainha Ivete Sangalo e dois grandes parceiros, no extinto restaurante Trapiche Adelaide em 2007, na 4a feira de cinzas

Querem ficar por dentro do que acontece na Bahia, conheçam quem manda por lá: Licia Fabio e acessem o site dela: http://liciafabio.com.br

Nos dias de festa, comam bem, tomem café, logo depois desçam pra piscina, que rola um super esquenta, de todo mundo que esta no hotel, agora sim começou o carnaval, você vai começar a sentir. Almocem massas/carboidratos em geral, nos próprios restaurantes dos hotéis são uma ótima pedida, antes dos Blocos, mas não exagerem para não dar revertério (acarajé, apesar de delicioso, só se tiverem o estômago forte e forem acostumados(as)). Muito líquido o dia todo, para hidratar e na volta vai bem uma proteína e as famosas canjas dos hotéis, deixam você dormir relaxado.

Na piscina do Vila Galé com grandes parceiros, começando o esquenta pro Bloco

Com meu parceiro de muitos carnavais Rodrigo Faria (Pardal, Portuga, vulgo Gulosão), comemorando o seu décimo ano de Salvador no warm-up no Vila Galé

Roupas e Segurança – sempre leves, claras. Para as mulheres aconselho não usar acessórios caros, usem shorts ao invés de saia (meio óbvio né! rs), jamais salto alto, talvez plataforma, mas o tênis ainda é o melhor (saltos somente para os camarotes, desde que confortáveis, aliás, nos camarotes, a mulherada dá uma “produzida” legal, levando até alguns acessórios escondidos no corpo e quando lá chegam, colocam), dinheiro e cópia do RG em “bolsinhas internas”, de preferência, não deixem nada nos bolsos de valor, evitem usar relógios caros, correntes, pulseiras etc… pois pode rolar roubo. Óculos escuro, comprem os fakes por lá mesmo, no Bloco certeza que vocês irão perdê-los; Evitem levar celular, sei que muita gente leva pra registrar o momento, mas tomem cuidado. Se você transpira muito, arrume algo plástico. Tentem andar em grupos, principalmente mulheres até chegar no seu destino (Blocos ou Camarotes).

As Patinhas, placas, adesivos de corpo e bandanas – quer interagir mais em Salvador??? Faça uso desses artifícios, é impressionante como funciona… as patinhas do Chiclete e bandanas em geral são febre, existem ainda as placas com frases de efeito (“Ahhh… o verão”, “Queria mesmo é estar em Jurerê”, “Minha namorada tá em casa vendo Big Brother” entre outras), todo mundo irá querer tirar foto com você e claro, os adesivos de corpo, com frases como “Essa é pra casar!”, “Vou e Não Vou”, “Cuida de mim”, “Ju…diação” entre outras mexem com a cabeça das pessoas. Lembrem-se no carnaval de Salvador o que vale é alegria e o estado de espírito, sorria sempre que você vai se dar bem!!!

Patinhas do Camaleão – sucesso entre homens e mulheres

Adesivos de corpo – pra interagir com a galera!!

Patinhas e Bandanas – acessórios que fazem sucesso no carnaval de Salvador

 

Agora atenção, assunto papo sério: Se alguém tentar te roubar, afaste-se rápido, não tente brigar por mais forte que seja, saia da confusão… não reaja, seu carnaval vale mais que isso. Existe um forte policiamento na Bahia, mas são milhões de pessoas, uma loucura, os policiais andam em fila, tipo de 10 em 10, saia da frente, eles não param e passam por cima… Respeite-os, valorize o trabalho deles, eles são fundamentais para sua diversão! Eu, graças a Deus, nesses anos todos, nunca passei por nenhuma situação de confusão. Aliás, isso tem que ficar  claro, são milhões de pessoas, e se algo der de errado, o socorro é complicado, portanto conversem com seus amigos e parceiros de folia, coloquem na cabeça que todo mundo vai lá para se divertir e se um se estragar ou se meter em confusão pode prejudicar o carnaval de muita gente.

Meus parceiros Gui e Anjinho dando o recado pra galera em 2008

As placas fazem sucesso nos Blocos e nos Camarotes de SSA

Eu (ao fundo, meio ruim) e meu p… brother Juninho…lembrancas pra vida toda (2010)

Blocos e Camarotes – aqui é algo extremamente pessoal, portanto vão as dicas de um chicleteiro apaixonado, com amores pelo Asa de Águia, sem esquecer da musica eletrônica que adoro! Fora as dicas abaixo que incluem Chiclete, Asa e alguns camarotes, destacaria Blocos como os da Ivete, Eva, Jammil e Timbalada, mas como disse, abaixo fiz minha relação, cada um deve fazer o que achar legal, porque é gosto e esse não se discute.

5a feira – Bloco Harém – um bloco diferente, somente os homens pagam e as mulheres (princesas) são escolhidas a dedo, talvez um dos blocos mais bonitos do carnaval com a levada de Tuca Ferandes (ex-Jammil) – http://programacaocarnavaldesalvador.com/bloco-harem/

Gui, Juninho, Nanico, Portuga, Japinha e eu – o Harem e bom demais!

6a feira – Nana Banana – o chicletão invade o circuito Barra-Ondina, chegue antes do Bloco sair, tire fotos com o Farol da Barra aos fundos, com fotógrafos, que por lá estarão (eles levarão suas fotos no hotel nos dias seguintes) e se arrepie com os primeiros acordes de Bell Marques. O Nana Banana é o Bloco da banda mais amada da Bahia, o Chiclete com Banana, e leva esse nome para desfilar nesse circuito. O Bloco vai estar cheio, gente bonita e gente não tão bonita, mas todo mundo muito animado… vá para se divertir, danças muito, pular… depois me contem.

Amigos de varios carnavais!!

Dan (meu camisa 9) – Vai Corinthianssssss

Sábado – Nana Banana – como chicleteiro que sou, repito a dose, para boa parte do Brasil, o carnaval começa só no sábado… e nós já estamos no terceiro dia de alegria.

Parada técnica para a Hora do Xixi – e se pintar aquela vontade de ir no banheiro no meio do Bloco? (em homenagem a pergunta do meu parceiro Giban) Resp: Aqui vale a famosa caixinha, chegue antes no carro de apoio, bem no inicio, quando ainda estiver sóbrio e já dê aqueles R$ 20 pro carinha que fica na frente do banheiro e mesmo para o outro da saida (as vezes você consegue entrar por trás) e meio que ja avise/combine que você o verá todo dia e que todo dia tem um dinheirinho a mais….kkkk, começa meio que uma amizade. Quando estiver na Barra, para os homens, da pra sair e fazer na rua (desculpem mas essa é a mais pura verdade) e no circuito do centro (Dodo e Osmar) existem alguns banheiros (portinhas com placas), deixem seus abadas dentro do bloco com alguém conhecido e de confiança e vá com mais alguem até o banheiro…. Evite sair com o Abadá para não ser roubado. (sabemos que não é certo esse tipo de dica, mas infelizmente banheiro é um problema nesse evento.

Domingo – Me Abraça – esse é o nome do Bloco do Asa de Águia (a partir de domingo, dia oficial do carnaval, antes disso chama-se Coco Bambu), comandado pelo “Durvalino, meu rei”. Sai, também na Barra, mais a noitinha, fim de tarde, o esquenta na piscina do hotel foi monstro, você já vai chegar no jeito, aqui tem muita gente bonita, diversão e pra quem quiser, muita pegação.

Me Abraca – nesse ano (2007) invadimos a Bahia

O meu parceiro, Ze Lele em mais uma performance em cima dos meus ombros, em pleno Me Abraca…. Ahhhh o Ver’ao (era a plaquinha…rs)

Faltam dois dias pra acabar a festa e você está bem preparado… você duvida, as pernas doem, mas vamos em frente… tudo vale a pena, as 2a feiras que normalmente são chatas, na Bahia são incríveis… vai ser dia de dobradinha

2a Feira Camaleão + Me Abraça – o esquenta é curto, talvez só no quarto mesmo, o Bloco sai na hora do almoço, levem protetor solar e muito trocado para comprar água. Hoje é dia de Camaleão, o bloco mais famoso do mundo, são quase 8 horas atrás do caminhão, Bell se arrepia e arrepia a todos. O circuito histórico do centro de Salvador, vai te mostrar o verdadeiro carnaval. Você dará valor aos cordeiros e vai conhecer a famosa pipoca do Chicletão… vai lembrar do Olho Vivo (depois me contem… não vou dizer o que é). Entrem no clima, olhem para o céu e agradeçam a Deus, de dentro do Bloco avistem as janelas com muita gente vendo o Chiclete passar, as faixas, os gritos de alegria, a música, o som da Bahia. Mega Dica: Depois de mais ou menos 3 horas de bloco, quando avistarem a praça Castro Alves e ao fundo a Baía de Todos os Santos, posicionem-se na frente e a direita do trio-elétrico, não do carro-de-apoio, vão indo para trás em direção a pipoca e esperam o trio-elétrico parar “de atravessado” na curvinha, nesse local. Nessa hora, na minha opinião, é o melhor momento do Carnaval, é o êxtase, Bell Marques faz os chicleteiros de plantão, os filhos de Gandhi que ali esperam o bloco passar e outras milhares de pessoas, saírem do chão, sincronizadas e perplexas…. não existem palavras para descrever direito o que acontece. Opa, existe, lembrei: Eeeee Salavdor (só que esse Eeeee Salvador é multiplicado por 10x)

Camaleao sensacional

Quarteto fantastico e Andre Cury - grande parceiro

Quarteto fantastico e Andre Cury – grande parceiro

Trio de ouro, um dos melhores carnavais da minha vida!

 

#parceria

Passado isso, lembram dos cordeiros?! Pois é, eles vão te ajudar novamente agora… começa a subida (demora muuito e é um pouco cansativa) e não esqueçam que temos que ir para o Asa ainda, hoje é dia de dobradinha. Chamem uns 02 ou 03 cordeiros (depende de em quantas pessoas estarão, mas no mínimo 2 cordeiros) e digam á eles que precisam sair em direção ao Barra-Ondina, falem que querem que os levem até um taxi…. isso mesmo, os cordeiros se tornarão seus seguranças, porque sair do Bloco, sem proteção, é muito arriscado.

Você não vai gastar muito, eles ganham super mal e qualquer agrado vai ser muito bem vindo, seja generoso, afinal graças a Deus você está de férias e pode gastar muitos reais para estar ali… Saiam por uma escadaria a sua direita, logo no começo da subida, andem rápido e se alguém te pedir o Abadá, aconselho a dá-lo, pois o pessoal é doente por Chiclete. Para levá-lo de recordação para casa, esconda-o antes de sair da “corda”!

Pronto, primeira etapa do dia completa, agora vem a parte mais fácil, vamos relaxar no Asaaaaaa…. seu abadá do Me Abraça já estava por baixo, mas lembrem-se relaxar no bom sentido, de ter mais espaço, menos tumulto, mas o Asa “Quebra Ae” e Durval, na Bahia é diferente, ele toca muito mais que qualquer outro, sem preguiça! Aconselho a não ir para camarotes nesse dia, você, provavelmente, estará morto(a) e amanhã é o último dia.

3a feira – Camaleão – repita a dose, mas dessa vez pode ficar até o fim. Nesse dia muita gente que veio nos navios estará por aqui e vão te contar o quanto é bom vir de navio e você pensará…. coitados, não sabem o que estão perdendo…. Muitos deles, depois de conhecerem vão decidir por perder a saída do Navio para continuarem na folia e pegarem um vôo mais tarde, para encontro do barco deles, em alguma outra cidade “de parada”.

Com o rei da Bahia – Bell Marques #praSempreChiclete

Saia e vá para o Hotel e depois, direto para o Camarote Salvador 2013, hoje vamos ficar até o dia raiar…

Normalmente faço essa programação e encaixo alguns dias de camarote… Nunca fui 6 dias em camarote, porque os Blocos são pesados, mas uns 4 consigo… Acho que vale tentar conhecer mais que um, como já conheço, vou no mínimo 3 dias no Camarote Salvador (http://www.camarotesalvador.com.br/2013/) e normalmente num dia num outro que sou convidado, mas existem boas opções como o Oceania (do meu parceiro Gui Palhares), Reino (dos também amigos Tico, Najão e Thierry Figueira), Harém, Planeta Othon, entre outros.

E o que temos para hoje!!!

com Navas Man

Meu irm’aozinho… Maucioooooooo!!!

Camarote SSA 2013 – LineUp

Nos camarotes é outra coisa, todo mundo arrumado e cheiroso, pelo menos no inicio, ar condicionado, diversas pistas e ritmos, os melhores DJs do mundo estão aqui. Comida e bebida inclusa, de qualidade e sem miséria, a noite toda. Se você for acompanhado, talvez faça mais uso desse locais, assim como se você for mais com o intuito de fazer a social, ouvir house-music ou mesmo não gostar tanto de andar atrás do caminhão. A pegação rola solta também, as mulheres estão bem mais bonitas e produzidas… aqui você encontra aquela gata que estava bem doida no Bloco, mas agora ela está nota 10. Aqui o approach tem mais tempo e você consegue conversar mais, diferente da loucura dos Blocos.

Video – Camarote Salvador 2012

Ahhhh, existem ainda aqueles camarotes que não são pagos, somente para convidados, que também vale a pena conferir, se tiverem algum esquema, por exemplo o da Daniela Mercury, Band (Othon) , da Contigo (revista) e o Expresso 2222, o disputado camarote da família Gil, conta esse ano com decoração de Romero Britto.

Depois dessa verdadeira epopeia da folia, durmam bastante na 4a feira de cinzas, façam um almo-janta em algum restaurante legal e para aqueles que tem que trabalhar, bom retorno, para os que não conhecem, podem fazer turismo na própria Salvador, ou descansar em algum resort nas praias próximas e ainda para aqueles, que tem um pouco de gás e querem descanso com mais balada, boa viagem até Morro de São Paulo.

Dúvido, que esquecerão, dessa viagem… Espero ter ajudado, divirtam-se, cuidem-se, aproveitem cada segundo porque vai deixar saudades. Talvez nos encontremos por lá. Depois me contem!

Eeeee Salvador!!!

🙂