22dez
2012

Copo certo e temperatura adequada para cerveja, aprecie sem moderação!

Publicado por

Copo certo, qual a importância na hora de beber um cerva? E da temperatura? Como saborear e avaliar uma cerveja?

Copo correto e temperatura adequada, instrua-se, você só tem a ganhar!

copos de cerveja

A escolha do copo certo e temperatura adequada melhoram em muito o prazer de saborear e avaliar uma cerveja

Beber uma breja não é apenas ir a um bar e pedir uma super gelada, trincando em qualquer copo.
Há modos de saborear e avaliá-la, sempre mantendo a natureza simples e alegre da bebida. Fora a cerveja em si, existem outros personagens importantes na apreciação da bebida, o COPO e a TEMPERATURA. Hoje portanto, as nossas estrelas da matéria são o COPO e a TEMPERATURA, essa cultura é originária da Bélgica, onde cada cerveja deve ter seu próprio e distinto copo.

Veja abaixo se você já ouviu falar nos copos ou taças e também, quem sabe se degusta sua cerveja no copo adequado. Aconselho que faça a experiência e sinta a diferença e o prazer:

copo pokal

Pokal

Pokal – Copos muito comuns, considerados coringa para vários estilos de cerveja. Elegantes, o que valoriza a bebida. Geralmente possuem um ligeiro estreitamento da boca para reter aromas muito voláteis e de difícil percepção.

copo goblet

Goblet

Goblet – São copos muito utilizados pelas cervejas belgas, especialmente as Trappistas e de Abadia.
Indicado para cervejas de alta intensidade aromática, já que sua boca é larga e seu corpo arredondado.
Seu formato e sua haste conferem beleza e atratividade à cerveja e evitam que o calor das mãos seja rapidamente transferido para a bebida.

copo Bolleke

Bolleke

Bolleke – Uma variação do copo tipo cálice, que explora o rebuscamento da forma, oferecendo uma boca bem mais larga para valorizar os aromas da bebida. O nome teve origem na Antuérpia, onde este modelo foi usado pela primeira vez pela cervejaria De Koninck.

copo Trapist

Trapist

Trapist – Um copo pouco semelhantes ao tipo Bolleke, privilegiam as cervejas frutadas e complexas, como as belgas especiais.

copo Snifter

Snifter

Snifter – A base larga do copo propicia a transferência de calor das mãos para a cerveja, auxiliando a volatilização dos aromas. O estreitamento superior captura os aromas.
Em função de sua profundidade e borda curvada para dentro, é ideal para serviço de Strong Ales.
Tradicionais para Barley Wines, Imperial Stouts, Belgian Strong Dark Ales e Double Bocks.

Tulip

Tulip

Tulip – São muito versáteis para utilização no consumo de cerveja.
O corpo arredondado do copo captura os aromas e a borda voltada para fora encaixa perfeitamente nos lábios.
A curvatura na parte superior ajuda na estabilidade da espuma.
Ideal para Belgian Ales, Tripels, Lambics, Oud Bruin e Oud Red Ales.

Flute

Flute

Flute – Indicados para cervejas que passam pelo processo de champenoise, pois o formato do copo evita que a carbonatação se dissipe rapidamente.
O nome é uma alusão ao formato longilíneo, semelhante a uma flauta.

Stem

Stem

Stem – Copo semelhante ao Pokal, mas tem as paredes retas e a boca ligeiramente mais larga que a base. Copo mais robusto, em sintonia com o corpo da bebida.

Shaker

Shaker

Shaker – Conhecidos no Brasil como copo caldereta, estes copos são encontrados em duas versões: 210ml e 350ml. O nome Shaker vem de sua popularidade como o copo no qual são servidos coquetéis. Nos Estados Unidos, tornou-se o copo padrão das microcervejarias, em especial dos Brewpubs. Combina bem tanto com cervejas light Lager, mais claras e leves, quanto com as do grupo Porter, mais escuras e encorpadas.

Tumbler

Tumbler

Tumbler – O nome Tumbler é aplicado de maneira genérica a todos os copos sem hastes, de base plana e cuja boca tem diâmetro igual ou maior que o diâmetro da base.
Copo oficial da cerveja Hoegaarden, criado pelo cervejeiro belga Pierre Celis. Ele tem a face sextavada, a boca bastante larga e capacidade para 500ml.

Pint

Pint

Pint – O pint é, na verdade, uma unidade de medida que corresponde a 568ml na Inglaterra e a 473ml nos EUA.
É o copo tradicional mais utilizado pelas Stouts e demais Ales inglesas.
O estreitamento na parte de baixo diminui a transferência de calor.

Willybecher

Willybecher

Willybecher – Copo padrão alemão, especialmente na região da Baviera, pode ser encontrado em versões de 200, 250 ou 300ml. Com cintura fina e boca convexa, atende ao requisito de robustez e resistência, sem se tornar pesado.

Stange

Stange

Stange – Bocal estreito para concentrar os aromas e formato auxiliando a boa formação de espuma. Tradicional em cervejas tipo Kölsch e Alt, e em algumas Pilsens, neste último caso objetivando ressaltar o amargor da cerveja.

Lager

Lager

Lager – Bocal estreito para concentrar os aromas e formato auxiliando a estabilidade da espuma, tradicional em cervejas tipo pilsen. O pé do copo lhe confere elegância, estabilidade e minimiza a transferência de calor.

Weizen

Weizen

Weizen – A boca larga se justifica pela grande intensidade aromática do estilo, e o tamanho para garantir que todo o conteúdo da garrafa seja servido no mesmo copo para homogeneização do fermento.
A altura propicia a visualização das bolhas de gás carbônico que sobem pelo líquido, trazendo espetáculo e tradição à bebida.

Yard

Yard

Yard – Copo de uma jarda (Yard) de comprimento, equivalente a 0,91m. Recipiente bastante utilizado em festas e competições, principalmente na Alemanha, Inglaterra, Austrália e Nova Zelândia, com capacidade para aproximadamente um litro de cerveja.

Mug

Mug

Mug – em inglês ou Stein em alemão, são copos pesados, com alça e com diversas capacidades de armazenamento. Na Mug não tem tampa, já a Stein pode tê-la ou não. Há dois tipos de Stein: Krug, de cerâmica, e Seidel, de vidro.

Além das taças e copos, temos que dar importância à temperatura , cada estilo de cerveja tem a sua. Na temperatura certa, sentiremos os aromas, sabores e texturas.  A carbonatação e a translucidez podem mudar com a temperatura também. O intervalo adequado na temperatura, para servir uma cerveja fica entre 3°C – 13°C, como disse depende de cada estilo.

Beer-Suggest-temperature

Basicamente é errado beber cerveja estupidamente gelada (-5°C), pois nossa língua “congela” neutralizando as papilas gustativas e não sentimos o sabor, aroma, nada!!
Se for beber uma cerveja especial, leia o rótulo, nela geralmente trás a temperatura de servir.

Quanto mais fresca for a cerveja, melhor !! Preste sempre atenção na data de validade!!

Achou que beber cerveja fosse fácil??
Como qualquer bebida, a cerveja também tem suas peculiaridades, porém, ela é divertida! Eu sempre faço amigos bebendo cerveja!

Qualquer dúvida me siga no Twitter – @comabebatreine
Se estiverem em algum bar, restaurante e até mesmo no supermercado, podem me tuitar, que responderei o mais rápido possível!!

Gezondheid, Santé, Saúde, Cheers, Prosit, Kampai !!!!!!