16ago
2012

Maçonaria – Segredos revelados

Publicado por

Maçonaria é o tema da primeira entrevista do ESQUENTA, esse tão secreto e intrigante tema, que gera curiosidade em muita gente. Nosso Blog foi visitado por um MESTRE MAÇOM, grau máximo da maçonaria simbólica.

Símbolo da Maçonaria

logo macom

Segundo a Wikipédia, Maçonaria é uma sociedade discreta e por discreta, entende-se que se trata de ação reservada e que interessa exclusivamente àqueles que dela participam. Tem caráter universal, cujos membros cultivam o aclassismo, humanidade, os princípios da liberdade, democracia, igualdade, fraternidade e aperfeiçoamento intelectual, sendo assim uma associação iniciática e filosófica.

esquadro-e-compasso-maconico

Confira abaixo nossa entrevista:

ESQUENTA: O que é Maçonaria?
MESTRE MAÇOM: A Maçonaria é uma instituição na qual se precisa presenciar para saber o que é, pois pode ser tudo, e ao mesmo tempo, pode ser nada, dependendo do ponto de vista do iniciado. Dependerá esta experiência do momento que passa o iniciado, de sua capacidade de percepção e de suas prioridades em relação à vida.

ESQUENTA: O que as pessoas vivenciarão ao tornarem-se maçons ou procurar um templo macônico?
MESTRE MAÇOM: Depende do momento que passa o iniciado, de sua capacidade de percepção e de suas prioridades em relação à vida. Pode não enxergar valor na Maçonaria, pois esta só lhe entrega aquilo que ele próprio cultiva.  Alguns iniciados são valorosos, iluminados e generosos, e não buscam seu caminho no simples aprendizado, mas em compartilhar, irradiar seus conhecimentos ou mesmo colaborar em projetos filantrópicos e melhoria da sociedade, em contraponto, outros adentram cheios de enganos, perspectivas vazias e ansiedade. Estes não encontrarão professores, subordinação, ou mesmo líderes fixos, profetas ou donos da verdade, o que pode confundir o iniciado.

templo

um templo maçônico

ESQ: Que tipo de serviços presta a Maçonaria?
MM: A Maçonaria não presta serviços a ninguém, pelo contrário, pode exigir mais do que o iniciado está disposto a entregar. Quando se prepara para seu ritual de iniciação, o futuro maçom já sabe que seu aprendizado dentro da irmandade será dividido em etapas. Do primeiro grau (Aprendiz) até o mais alto, o 33º (Soberano Grande Inspetor Geral), há um longo caminho a ser percorrido e, nessa trajetória, apenas a dedicação e o trabalho árduo poderão ajudá-lo.

ESQ: Como uma pessoa interessado pode ingressar na Maçonaria?
MM: Essa pergunta é muito importante e talvez, a principal, jamais aceite um convite de alguém de você não confia ou não conhece bem, isso pode ser muito perigoso. O iniciado adentra em algo que nada conhece, e deposita toda a sua confiança naquele amigo que lhe apresenta à Maçonaria. Inúmeras instituições declaram praticar maçonaria, mas não tem origem regular, são limitadas, algumas sérias, outras apenas seitas caça-níqueis. Ao adentrar em uma Maçonaria de origem reconhecida, percebe o iniciado que existe um mundo complexo por trás de uma instituição fechada, que lhe proporciona sentimentos diversos e controversos, de raiva, decepção, alegrias, satisfação e emoção.

ESQ: Quais as vantagens de ser maçom?
MM: Dizem que a Maçonaria prepara para a vida, talvez pelo fato que o iniciado passará por tarefas e desafios que jamais submeteria na vida real. Percebe que nesta Instituição muito foi feito, mais também muito a ser aprimorado e questionado, e o iniciado, querendo, terá total liberdade para participar desta transformação. Percebe, ainda, que as pessoas que passará a conviver possuem inúmeras qualidades, mas também defeitos, pois também se aprende com os contrastes e o exercício difícil da tolerância. Neste novo mundo separado, obscuro e controverso, o iniciado será livre para trilhar seu caminho, seja de evolução, aparo de arestas, ou até para apenas satisfazer suas vaidades.

Simbologia no Templo Maçom

Simbologia no Templo Maçom:
Chão Preto e Branco – dualidade
Escada – significa caminho
Colunas – templo de Salomão
Compasso e Esquadro – equilibrio, fraternidade e igualdade
Estrela de 5 Pontas – circulação de energia / árvore da vida
Olho – “O olho que tudo vê”
entre outros

ESQ: Existem aqueles que dizem expressões como, “vamos virar maçons e enriquecer todos juntos…”, o que acha disso?
MM: Aqueles que focam suas atividades em satisfazer vaidades terão terreno fértil, mas logo este desejo frágil e fugaz não fará mais sentido, e o iniciado se perderá pelo caminho. Esta realidade paralela, apresentada pela Maçonaria, de rico conhecimento e controvérsias, se revelará aos poucos em toda a sua complexidade, mas apenas se apresentará para aqueles perseverantes. Muitos desistem pelo caminho, e isto lhe será permitido, seja por ter entrado pela simples curiosidade, seja para apenas preencher seu tempo vago ou em razão de “riqueza” ou “fama”.

ESQ: Existe algo a ver com religião?
MM: A Maçonaria também lhe proporcionará exercer a espiritualidade, em maior ou menor nível, conforme a sua vocação, convicção e vontade, pois este caminho também é livre ao iniciado. Independentemente do seu credo religioso, trabalha na sua Loja sob a invocação do Grande Arquiteto do Universo, que é Deus.

o olho que tudo vê

“o olho que tudo vê”

ESQ: Porque é algo, digamos, tão secreto?
MM: Em relação ao “segredo” da Maçonaria, a questão é muito simples, pois o mesmo deriva do sistema de transmissão de conhecimentos gradativos e sucessivos, como acontece em uma “escola”, por exemplo, pois é temerário revelar conhecimentos do ginásio, por exemplo, para alguém da pré-escola.  Assim, em uma “escola iniciatica” não convém revelar conhecimentos para alguém que sequer adentrou na Instituição, pois isto estragará também o impacto que o iniciado terá ao adquirir os conhecimentos.

ESQ: Mulher participa da Maçonaria?
MM: Hoje já existem algumas instituições maçônicas que aceitam mulheres e outras exclusivamente de mulheres. Todavia, estas instituições maçônicas não costumam ser reconhecidas pelas instituições  formadas por homens. Mas a questão de reconhecimento e regularidade é bastante complexa e tormentosa. Embora a mulher não participe diretamente dos trabalhos maçônicos nas  instituições maçônicas regulares,  podem participar de entidades chamadas paramaçonicas. Existem entidades paramaçonicas regulares e reconhecidas para esposas de maçons, outra para meninas e finalmente, para jovens adolescentes do sexo masculino, as quais desempenham um importante e belíssimo trabalho.

Vestimenta dos Maçoms da ordem Arco Real

Vestimenta dos Maçoms da ordem Arco Real

demolay

Ordem Demolay – ordem de jovens até 21 anos de idade

filhas de jo

Filhas de Jó – Filhas e sobrinhas de maçons

frafem

Frafem (Fraternidade Feminina) – esposas dos maçons

ESQ: Qual o conselho para aqueles que querem conhecer a Maçonaria?
MM: Por todas as razões dessa nossa conversa, quem tiver curiosidade ou quiser preencher o tempo, jamais procure a Maçonaria, mas um bom livro sobre o assunto. No entanto, se a procura for evolução pessoal e gradativa, a prática da Maçonaria pode ser uma boa resposta. Estas foram minhas breves impressões sobre a Maçonaria, mas como já mencionado, cada iniciado terá sua própria interpretação sobre o que sentirá e viverá no exercício da arte real.

ESQ: Para finalizar, algum contato que queira deixar ou qualquer site para maiores aprofundamentos ou indicações?
MM: Eu indico o site http://www.arlsmadras.com.br e http://www.tresjanelas.blogspot.com.br/ , pois não existe verdade absoluta sobre o assunto e a Internet é farta sobre o tema. E referente à mensagem, desejo a todos muita S.’. F.’. U.’.

Wikipédia: Maçonaria ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Ma%C3%A7onaria )

Agradecemos muito ao Mestre Maçom e espero que gostem, queremos saber a opinião de vocês, curtam, comentem e compartilhem!

Comentários

  1. miro disse:

    Bela explicacão muito e perferta.

  2. Rafael disse:

    Bacana, hein… Não conhecia o assunto!

  3. Carlos disse:

    Cara, você não tem medo destas coisas não??????

    1. Raphaela disse:

      Medo do desconhecido!!!!!!! Muito bem feita a entrevista ;)

  4. Michely Bicudo disse:

    humm Medo!! Muito misterio…mas interessante a matéria!