11jun
2013

Yakuza, a máfia japonesa! #ViolênciaProblemaMundial

Publicado por

Quem já não ouviu falar da Yakuza, a máfia japonesa!? Sabiam que ela ainda existe e, por incrível que pareça, vem crescendo à números alarmantes.

 

images

 

Pois é, pessoal, nós que sempre preferimos trazer temas alegres, que fazem bem para a saúde, dicas de viagens, esportes e gastronômicas, motes que evidenciam a qualidade de vida, “ser feliz”, no entanto, não podemos ficar alheios a violência generalizada que está assolando o planeta. Todo dia os noticiários nos deixam cada vez mais escandalizados, o povo está oprimido e é “refém da sua própria liberdade”. Hoje, independente do local onde mora, trabalha ou frequenta, existe uma grave ameaça, ninguém mais sabe se ao sair pela manhã vai voltar são e salvo para casa.

Um parceiro de trabalho, Marcos Muller, que é publicitário e em paraleo toca o blog Cova dos Gigantes, no qual escreve sobre cultura em geral, me passou essa matéria com o intuito de mostrar, não como “alento” ou “desculpa” que  “não somos os únicos”, a preocupação que deve ser de todos, já que não só o Brasil que sofre desse mal e sim o mundo todo, inclusive o Japão, um país que se “vende” como perfeito e civilizado. Com isso precisamos fazer alguma coisa, ninguém sozinho consegue, tem a fórmula ou o poder para isso, mas quem sabe, com a conscientização da massa e melhoria da educação em geral, consigamos algo, nem que seja aos poucos.

Entendo que o brasileiro é um povo que ressalta muito os seus próprios defeitos e às vezes, esquece de suas qualidades, é condinzente com muita coisa errada etc, em contrapartida, países como o do povo japonês, procuram expor seus pontos fortes, tem uma excelente alto-estima e fazem de tudo para esconder a sujeira. De vez em quando surge alguém e mostra que não é bem assim.

YAKUZA #ViolênciaProblemaMundial

800px-Marukin_at_Sanja_Matsuri_2

 

Máfia organizada no Japão, não, organizadíssima!  O maior exemplo é a chamada de Yamaguchi-Gumi, uma facção Yakuza, com cerca de 50 mil membros.

Distribuídos, infiltrados e ativos em diversas camadas da sociedade japonesa, os Yakuzas – que não gostam de ser chamados por esse nome (preferem gokudo, algo como “caminho sem volta”), são os grandes responsáveis pelas atividades ilegais, envolvendo o crime organizado no país.

Continue Lendo

28maio
2013

O último ano da sua vida! Como você o viveria?

Publicado por

Todo mundo já pensou em como viveria o último ano da sua vida, não é mesmo?!

E se isso fosse uma realidade? E se você, por alguma circunstância, soubesse que teria poucos meses, ou até dias, restantes de vida? O que faria? Como agiria? Conseguiria enxergar algo de bom?

Pois é, uma resposta muito difícil, pra não dizer triste. Na semana passada li um post no Facebook de um colega de trabalho (Lucão), em que ele compartilhava uma matéria feita pelo site Hypeness, que considero bem TOP, dou os créditos desse post e super indico aos leitores do Blog.

Não tem como não se emociar, aqui no Esquenta falamos de Life Style, geralmente assuntos e dicas que fazem bem a saúde, temas felizes, viagens, gastronomia, esportes, moda e tudo mais. O  texto que traremos agora é incrível, serve como lição, como incentivo e alento para aqueles que reclamam de “barriga cheia”, e cai como uma luva na nossa sessão de Comportamento e Relacionamento.

 

O último ano da sua vida! (Por Zach Sobiech)

zach-g

Realmente vale se concentrar, gastar alguns minutos da nossa vida, afinal, a maioria aqui, viverá por muitos e muitos anos, portanto vamos aprender e compartilhar essa linda história de vida!

Continue Lendo

06mar
2013

Chorão tem o meu respeito, descanse em paz! #luto

Publicado por

“O tempo às vezes é alheio à nossa vontade, mas só o que é bom dura tempo o bastante pra se tornar inesquecível”
(Charlie Brown Jr.)

Chorão #luto

chorao-rip

 

Com essa frase começo esse post que é uma homenagem a essa banda e em especial ao Chorão, familiares, amigos e milhares de fãs.

Nunca fui o maior fã de carteirinha do Charlie Brown Jr., não frequentei shows ou acompanhei turnês, mas tenho algumas músicas baixadas no meu IPOD, e confesso que gosto muito de alguns sons, letras e até daquele “grunidinho” que ele dava (rs). Aliás quem já não tentou imitar… é bem difícil!!!

Fato é que Chorão e Charlie Brown Junior influenciaram toda uma geração, talvez uma galera um pouco mais nova, mas nem por isso as pessoas de 30 e poucos anos, como eu, as bem mais jovens e as mais velhas, não curtam ou não prestem atenção nas letras. Algumas, vou dizer, são bem legais, profundas e nos fazem pensar e até repensar…

Continue Lendo