23out
2012

Dê prioridade ao que realmente é importante na vida!

Publicado por

Há pessoas que são capazes de encontrar dez razões para não fazer algo, mas têm muita dificuldade de encontrar uma única razão para fazê-lo.


Esta é talvez uma das experiências mais comuns nos diversos ambientes que frequentamos. O texto abaixo tem a missão de ajudar as pessoas a identificar o que realmente é importante e priorizar o que é relevante! Importante e Relevante é tudo aquilo que se perpetua e/ou muda o “status quo”.

Dê prioridade ao que realmente é importante na vida!

Uma pessoa resolve comemorar o décimo ano de vida do seu filho com uma festa numa chácara, para que as crianças tenham mais espaço para se divertirem. Convida amigos e parentes e solicita confirmação de presença. Recebe algumas respostas justificando a não presença:

Continue Lendo

15out
2012

Tese de Guerdjef – 20 regras para uma vida boa!

Publicado por

A Tese de Guerdjef, pensador russo que há mais de cem anos falava do “Auto conhecimento e da importância de se saber viver”, diz que :”Uma boa vida tem como base o sentido do que queremos para nós em cada momento e daquilo que realmente vale como principal”.

Georges Gurdjieff – criador da Tese de Guerdjef

Definiu vinte regras de vida. Especialistas no estudo do comportamento afirmam que quem já conseguiu assimilar dez delas, com certeza aprendeu a viver com qualidade.

As vinte regras de vida:

1) Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo. Repita essas pausas na vida diária e pense em você, analisando suas atitudes;
2) Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer agradar a todos é um desgaste enorme;
3) Planeje seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você;
4) Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaure;
5) Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível no trabalho, no lar ou nos grupos habituais. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua atuação, exceto você mesmo;

Continue Lendo

01out
2012

Montanhas e vales – que tipo de pessoa você é?

Publicado por

Montanhas e vales” é um post sobre estilo de vida, ou o jeito que você escolhe levar a vida ou, ainda, uma matéria comportamental e, até porque não dizer, assunto de “auto-ajuda”, que recentemente, numa sessão com meu coach, Adib Fadel, abordamos e achei muito interessante e resolvi dividir com meus amigos(as) do Esquenta.

Montanhas e vales, que tipo de pessoa você é?

montanhas e vales

Frank Dick foi “coach” de diversos atletas famosos tais como Michael Jordan, Daley Thompson, Boris Becker e Gerhard Berger. Já há algum tempo, dedica-se a palestras e cursos motivacionais para empresas, associações, etc. Meu coach assistiu, faz alguns anos, e ficou impressionado com uma dessas palestras, e por conta disso, fizemos uma sessão à respeito, como já disse acima. Transcrevo aqui alguns dos seus pensamentos.

montanhas e vales frank_dick

Frank Dick – coach de sucesso de diversos atletas famosos

“Existem dois tipos de pessoas. As pessoas dos vales e as pessoas das montanhas”.

As pessoas dos vales procuram os ambientes calmos e confortáveis do abrigo e da segurança. Elas falam de mudanças, mas não querem estar envolvidas nelas, especialmente se isso puder significar romper a rotina daquilo que vem funcionando bem até o momento.

Seu conceito sobre conquista é não perder o que significa que, para elas, jogar pelo empate é tudo o que se deve fazer. Seu conceito sobre condicionamento físico é estar em boas condições para sobreviver. São pessoas que você ouve por aí iniciando as suas frases com: Eu teriaEu poderia ter… ou Eu deveria ter… São pessoas que têm muitas explicações para não terem conseguido fazer as coisas e apenas uma explicação a respeito do sucesso dos outros – sorte.

Continue Lendo
Página 2 de 212