24jan
2013

Tipo de Pisada – escolha certo seu tênis!

Publicado por

Tênis mais caro sempre é o melhor?? Você sabia que seu tipo de pisada tem que ser um dos maiores influenciadores na hora da compra de um calçado?!

 

Tipo de pisada – escolha certo seu tênis!

 

Quem nunca perguntou ao vendedor da loja, qual tênis é bom para corrida e o vendedor te vende o mais caro??
Bom, o tênis mais caro nem sempre é o melhor!!

Nós, educadores físicos e treinadores, analisamos junto ao avaliador físico primeiramente o tipo de pisada.
Fazemos esta análise para verificar se a sua passada é Pronada, Supinada ou Neutra.

Diferentes tipo de pisada

 

Depois, perguntamos ao aluno há quanto tempo ele corre, qual a sua velocidade, onde costuma se exercitar, quantos Km costuma rodar durante a semana etc.

Além disso, analisamos toda a avaliação física, vemos o peso, porcentagem de gordura, desvios posturais e lesões antigas ou atuais.
Assustou?? Quantas coisas analisamos para escolher um tênis, não??

Resumindo:
1. Tipo de pisada
2. Peso
3. Altura
4. Velocidade que corre
5. Quantas vezes por semana
6. Nível avançado, médio ou iniciante
7. Onde corre

Sabe o porquê de tudo isso?
Durante cada aterrissagem do pé no solo o corredor fica exposto a forças de impacto repetidas estimadas em duas a três vezes o seu próprio peso corporal. Aplicando este fato a um corredor de 70 kg, que realiza durante a corrida uma média de 250 aterrissagens por pé por quilômetro percorrido, durante um quilômetro cada pé irá suportar 38 a 57 toneladas de força

Corredores com média de 60 a 120 km/semana podem expor seu corpo à aproximadamente 16.000 a 32.000 impactos por perna por semana, o equivalente a 2.400 a 7.200 toneladas de força.

 

Curiosidade: Esta foto é para as mulheres! Olha a porcentagem de carga que um Salto alto proporciona aos seus pés!!

Tipo de pisada – mulher que usa sapato de salto alto

 

Tipos de pisada
Pronação: A pronação acontece quando há uma rotação interna excessiva do pé e do tornozelo. Desta forma, mais tensão é posta na estrutura do pé, o que pode desalinhar o tornozelo, os joelhos e os quadris. A pronação desperdiça energia, fazendo com que seu estilo de corrida seja ineficiente e aumentando o risco de dores na canela e articulações, ou até mesmo lesões, caso o atleta utilize o tipo de calçado errado.

Canelite – pode ser causada pelo seu tipo de pisada e uso de calçados errados

 

Neutra: A pisada neutra é o tipo ideal de pisada, pois possui um nível equilibrado de pronação e supinação e cria uma absorção de choque eficiente na fase de apoio da pisada. O arco do pé tem altura média e o calcanhar permanece na posição vertical em relação ao solo. Um corredor “neutro” é geralmente mais biomecanicamente eficiente e o risco de lesões é menor.

Supinação: A supinação é o oposto da pronação e descreve uma situação em que o pé rola para o lado de fora. Neste caso, as forças durante o ciclo da pisada não são distribuídas igualmente pelo pé, que possui o arco alto e não tem sua mobilidade afetada. O peso do corpo do corredor fica nos dedos de fora, o que pode gerar lesões, principalmente nos joelhos, pés, e nas costas.

Dores nas costas – característica de pessoas que tem a pisada do tipo Supinada

 

Portanto, quando for escolher um calçado para correr ou até mesmo, no seu dia-a-dia, faca um teste com seu treinador ou um profissional da área. Não desperdice seu dinheiro e, principalmente, saúde.

Dúvidas estou aqui para responder! Em breve mais matérias pra vocês!
Alguns vídeos interessantes:

 

 

 

Contato:

E-mail: rodrigo_kimura@quark.esp.br